.9 de janeiro de 2018

Black Rock Shooter


     Anime lançado, em 2012, com oito episódios, possui um ova, mangás e até um jogo para PSP, sendo que esta foi a primeira produção da franquia baseada na música homônima do grupo japonês Supercell
Nessa história, somos apresentados a duas dimensões diferentes: a primeira que seria a nossa, na qual vive a protagonista, Kuroi Mato e a segunda, na qual uma guerreira chamada Black Rock Shooter luta contra todo tipo de criaturas e outras guerreiras não sabemos porquê. 
Mato está muito nervosa por causa de seu primeiro dia de aula no ensino médio e acaba conhecendo a jovem Yomi, uma menina bem tímida e retraída que aparentemente não tem nenhum amigo, enquanto isso, na outra dimensão, Black Rock Shooter luta contra a guerreira Dead Master e perde feio. 
A amizade das duas meninas não é muito "normal", pois Mato não pode ir a casa de Yumi, isso porque esta tem uma outra amizade extremamente abusiva que a sufoca e não permite que tenha contado com outras pessoas e, assim, quando digo que é um relacionamento abusivo, é abusivo mesmo... A outra menina chega a agredir Yomi e a amedronta com um terror psicológico medonho. 
Logo, descobrimos que a outra dimensão nada mais é do que um lugar onde versões dessas meninas, representando seus conflitos emocionais, lutam umas contra as outras até o problema ser resolvido. 
Absurdo? Sim, é bem absurdo, o anime todo tem um visual bem apelativo, mas até o quarto episódio era tudo justificável e parecia mostrar uma crítica a relacionamentos abusivos e como eles podem começar na mais tenra idade e atrapalhar o desenvolvimento das pessoas, porém... Os quatro últimos episódios são horríveis, uma verdadeira bagunça, roteiro passou bem longe! Não há coerência nenhuma e o final é quase inexistente.
Enfim, esse anime é muito estranho... Recomendo só os quatro primeiros episódios porque eles são são reflexivos, mas o restante? Passe bem longe! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger