.15 de setembro de 2017

A pequena Dorrit - Charles Dickens


    Romance lançado, primeiramente, em folhetim e publicado como livro em 1857. Mais uma vez, temos uma obra dickeniana de teor autobiográfico e crítico. 
    A narrativa começa com Arthur Clennan voltando para casa, em Londres, após a morte do pai no exterior. Ele não tem uma boa relação com a mãe porque esta sempre o tratou muito mal e o fato de, na hora da morte, seu pai ter frisado que tinha arrependimentos, o deixa desconfiado e querendo respostas. 
   Ainda nos primeiros dias, Arthur conhece a jovem Amy Dorrit e fica deveras intrigado com a relação amável entre a moça e sua mãe e resolve segui-la para saber mais a seu respeito. Por causa da perseguição, ele descobre que Amy mora em uma penitenciária, na verdade, ela nasceu e foi criada lá, pois seu pai foi preso há muitos anos e nunca conseguiu pagar suas dívidas. 
    Essa descoberta faz com que os dois se aproximem e Clennan resolve ajudar a moça de todas as maneiras possíveis, mas ao mesmo tempo que faz isso um grande golpe do destino pode ser capaz de arruinar sua vida, ou não... 
    O romance traz uma crítica bem ácida a situação das pessoas que ficavam sob a custódia do Estado por não pagarem suas dívidas, pois, presas, como poderiam quitá-las?! Ademais, o próprio Dickens passou pela mesma situação da pequena Dorrit, tendo de trabalhar para ajudar no sustento da família, morando em uma prisão por muitos anos. 
   Outra crítica digna de nota é o modo como as personagens mudam drasticamente, para pior, por causa de algumas mudanças econômicas em suas vidas, menos a pequena Amy, esta, nossa protagonista romântica, continua "perfeita". 
    Sinceramente. não sei se estou gostando mesmo do estilo de Dickens... Suas críticas sociais são ótimas e nos dão um panorama incrível do século XIX, entretanto, as excessivas descrições me deixaram bem enfadada, ou seja, talvez, para aqueles que não gostam muito disso, seja válido assistir primeiro à série da BBC e se gostar, embarcar nessa leitura. 

9 comentários:

  1. Como pode, uma história tão antiga e atual ao mesmo tempo.
    Dickens ter passado a mesma coisa que a personagem, deixa a história bem interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os livros dele, tematicamente, são bem atuais mesmo. A biografia desse autor é bem interessante =)

      Excluir
  2. Nem sabia que tinha serie pela BBC... Já tinha ouvido falar do livro, mas não dei muita atenção. Estou mudando de ideia e vou dar uma chance.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase todos os clássicos da literatura inglesa têm série na BBC =D

      Excluir
  3. Como isso é né menina, livros antigos que nos fazem refletir e revelam a nossa pura e crua realidade, gostei muito da sua opinião e por conhecer, deve ser uma história interessante.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Não conhecia a série, mas me surpreendo ao ver tantas histórias antigas continuarem atuais, incrível. Será que tem na Netflix?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê!
      Pois é, adoro histórias assim. =)
      Olha, não sei se tem por lá, mas na internet você encontra fácil =)

      Excluir
  5. Olá! gosto bastante das histórias do Dickens, o modo como ele escreve e envolve o leitor é muito bom. Gostei da premissa desse livro e fiquei bastante curiosa para conhecer toda a história, beijos!

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger