.9 de agosto de 2018

Dama da Meia-Noite: um livro sobre amor e vingança


     Li pela primeira vez um livro da autora Cassandra Clare há uns bons cinco anos. Na época, foi o último volume da série Os Instrumentos Mortais. Não fiz resenha porque não estava tão engajada no blog naqueles tempos. Esse ano, porém, resolvi ler Dama da Meia-Noite, primeiro volume da trilogia Os Artifícios das Trevas, que já vem carregado de vingança e muito amor. Achou contraditório? Continua lendo para entender... 
    Dama da Meia-Noite começa cinco anos após a conclusão de Os Instrumentos Mortais. Aqui, nossos protagonistas são Emma Carstairs e Julian Blackthorn. Ambos são muito amigos e eram crianças quando a "Guerra Maligna" aconteceu e mudou o Submundo e a vida dos caçadores de sombras. O inimigo foi derrotado, contudo, o pai de Julian morreu, seus meio-irmãos Helen e Mark, filhos de mãe fada, foram exilados; e os pais de Emma forma brutalmente assassinados em um crime ainda sem explicação. 
    Por causa de tudo isso, para não serem separados, Emma e Julian decidem tornar-se "parabatai", estão ligados para sempre, onde um for o outro vai, e não podem, em hipótese alguma, apaixonar-se um pelo outro... 
     Ao contrário do pai de Julian, que sabemos como morreu, (se você leu Cidade do Fogo Celestial, claro.) os corpos dos pais de Emma foram encontrados em circunstâncias misteriosas e esse crime nunca foi solucionado. A certeza de que seus pais foram assassinados por alguma criatura desconhecida alimenta o desejo de vingança de Emma e a torna a melhor caçadora de sombras de sua geração. 
   Algo, porém, acontece e promete trazer novas pistas para o caso: fadas foram encontradas mortas nas mesmas condições, logo, a jovem e seus amigos farão de tudo para descobrir quem está por trás desses crimes, e o desfecho é surpreendente... 
    Como já sou uma velha conhecida da escrita envolvente de Cassandra Clare, sabia que esta história, apesar da carga excessiva de romance, seria empolgante e divertida. Dama da Meia-Noite tem mais de 500 páginas e eu li em 3 dias! Para vocês verem que a autora sabe mesmo cativar o leitor. 
   Caso você não tenha lido Os Instrumentos Mortais, não tem problema! Dama da Meia-Noite é bem contextualizado e explicativo quanto a sua mitologia e acontecimentos anteriores. Entretanto, isso pode ser um pouco enfadonho para quem leu os demais livros e já está habituado ao contexto do mundo dos caçadores de sombras. 
    Como antes, há também muito romance nesse volume, algo já esperado, afinal, trata-se de um young adult. Geralmente não gosto disso, mas Cassandra Clare consegue equilibrar bem os elementos de sua narrativa. O amor é uma tônica em Dama da Meia-Noite. Não de uma maneira positiva e feliz, e sim com o maior poder de destruição possível...
   É preciso ressaltar também a grande representatividade presente nesse livro. Personagens LGBT, etnias variadas, mulheres fora do esteriótipo "donzela em perigo" e uma personagem autista. Vale dizer também que tudo isso é abordado de forma natural, sem panfletagem, o que demonstra ainda mais a habilidade de Cassandra Clare de contar boas histórias. 
   Desnecessário dizer que adorei essa leitura, né? De verdade, recomendo muito as obras dessa autora! Agora, digam-me nos comentários o que acharam de Dama da Meia-Noite e se já conheciam a escrita de Cassandra Clare

10 comentários:

  1. Menina eu li o título do livro e a autora e já pensei: "Não é pra mim"
    Mas na boa... Você desenvolveu o resumo da história tão bem que eu preciso de fato conhecer essa obra. Eu tenho quase certeza que vou gostar muito.
    Bom, amor e vingança parece ser oposto, mas a gente só se vinga quando algo importa muito para nós. O contrário do amor não é o ódio, mas a indiferença.
    Nunca tive vontade de ler outros livros da autora e por isso pensei que não fosse gostar desse também, mas estou muito apaixonada. rs Sério mesmo!
    Obrigadão pela dica! Mega anotada!
    Aliás, tem alguns livros que eu já li na época que também não estava muito acostumada a fazer resenhas, mas que agora tenho vontade de reler para disponibilizar a minha visão no blog. Faz isso também. Você escreve super bem. Bons livros precisam de bons resenhistas.
    Beijinhos e Sucesso!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!! <3
      Fico muito feliz que tenha gostado e que queira ler o livro!! Acho que vai gostar sim!!
      Já estou fazendo isso coma série Harry Potter e também pretendo fazer com outras. Releituras são sempre boas e nos fazem perceber o quanto mudamos ou não. =D

      Excluir
  2. Tudo bem? Adoro os livros da Cassandra.
    Já li todos lançados aqui no Brasil até agora.
    Sua resenha está clara e objetiva.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal!! Eu só li esse e a série Os Instrumentos Mortais. =)

      Excluir
  3. A começar pelo título fiquei curioso, vi a capa e fui fisgado, li a resenha e me apaixonei pela história. Além de colocar elementos místicos, o que amo, também nos é apresentada a realidade através de personagens complexos e com representatividade. Fiquei muito curioso com o mistério das fadas, vou procurar!
    Ótima sugestão!
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!! Espero que aprecie a leitura tanto quanto eu! =D

      Excluir
  4. Oi Andrea, tudo bem?

    Ainda não conheço a escrita da Cassandra Clare. Comprei o primeiro volume de "Os instrumentos da morte", mas venho adiando esta leitura, nem sei bem o motivo (tento me convencer que é o fato de não ter os outros ainda). Também costumo me cansar quando um livro de um mesmo universo faz uma contextualização do universo criado, mesmo sabendo que tal fato é necessário para quem ainda não o conhece. Adorei saber que este livro possui tanta representatividade, é um ponto mais do que positivo. E se já estava querendo ler a autora, você me deixou mais animada.

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, começa a ler sim!! Eu também tinha esse receio, mas quando vi, menina, já tinha devorado a série Os Instrumentos Mortais! =D

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?

    Dama da meia-noite é um belo livro, é uma leitura super envolvente. Eu (Yvens) lembro de ter recebido esse livro do Grupo Editorial Record assim que publicaram e de cara me chamou atenção essa bela capa!
    Abraço!

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger