.24 de julho de 2018

[ANIMA] - Suki-tte li na yo ou Say, I love you: um anime muito fofo


Há muitos anos atrás, na adolescência, assisti vários animes shoujo bem legais. Por algum motivo desconhecido (preguiça) não fiz as resenhas deles. Esse ano, senti saudade dessas histórias e comecei assistindo Lovely Complex e hoje vamos conversar sobre Suki-tte li na yo ou Say, I love you, um anime muito fofo.


Suki-tte li na yo é um anime shoujo lançado em 2012, ou seja, um pouco antigo, porém ainda muito atual. Aqui, conhecemos Tashibana Mei, uma jovem de 16 anos que por ser alvo de bullying na infância decidiu não confiar em ninguém. Por isso, Mei não tem amigos. 
Em contrapartida, Kurosawa Yamato é o garoto mais popular da escola. Todos gostam dele e sua vida social é super agitada. Mas por causa de uma brincadeira de mau gosto, os destinos de Mei e Yamato vão se encontrar e transformar suas vidas.


Além do romance/relacionamento conturbado característico de um shoujo mesmo, Suki-tte li na yo trata de outro assunto importante: o bullying. Em algum momento de suas vidas todas as personagens sofreram com bullying, sejam como vítimas ou por omissão. Ao longo dos 12 episódios + 1 OVA vemos o quanto esse bullying foi prejudicial na vida deles e deixou marcas profundas, difíceis, porém não impossíveis de curar.
Ao contrário de Lovely Complex, esse tema é tratado de maneira um pouco mais "pesada" e realista. As personagens realmente sentem muita dor por causa da pressão social, seja ela estética ou comportamental. Tornam-se, por causa disso, um pouco amargas e introspectivas, como é o caso da própria Mei, mas a cada episódio eles vão aprendendo lições valiosas e mudando.

Outra diferença entre essas produções é a trilha sonora. Sinceramente, Suki-tte li na yo tem uma abertura bem chatinha.... A voz da cantora lembra a daqueles programas, sabe? Mas o encerramento é até gostoso de ouvir... 
Por se tratar de um anime, é óbvio que muitas atitudes das personagens são estranhas para nós, ocidentais, o que é um pouco inquietante. Isso, contudo, não prejudica a mensagem de amizade, confiança, solidariedade e, pasmem, sororidade que esse anime nos passa. Algo muito positivo! 
Então essa é a dica de anime de desse mês, gente. Gostaram? Já assistiram Suki-tte li na yo? Digam-me nos comentário. 

16 comentários:

  1. Parece ser aqueles animes que faz a gente assistir sem parar e ainda refletir a cada episódio sobre tantos valores. Discutir o bullying sempre envolve um afloramento de sentimentos, vemos o quanto negativamente ele interfere na vida de alguém.
    Ótima sugestão!
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
  2. Olha só, eu conheci esse anime depois que uma menina foi vestida de um dos personagens dele no Capipop ♥ achei bem legal, e diferente
    O anime é muito fofo, e por ter bullying na história acredito que aproxima a gente sabe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que legal!! =D
      Não conheço esse evento e nunca vi ninguém fantasiado de personagens desse anime nos eventos daqui de Sampa.

      Excluir
  3. Oi!
    Não gosto muito de animes e não fiquei interessada em assistir esse, mesmo o tema trabalhado sendo interessante. Adorei conhecer suas impressões, mas vou passar a dica, por enquanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse anime, mas fiquei bem interessada. O bullying é coisa séria e precisa ser retratado em animes, livros, mangás, etc. de forma sensata e coerente. Algumas vezes irá até incomodar, mas é necessário que se fale. Shoujo no geral sempre traz histórias de amizades belíssimas e romances fofos. VOu procurar o anime e espero gostar tanto quanto você.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, bullying é mesmo muito sério e pode acabar com a vida das pessoas. Espero que goste do anime =)

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?

    Eu (Yvens) não curto animes e infelizmente não fiquei interessado nessa sua dica. Os únicos trabalhos orientais que curto são Dbz e Cdz, mesmo assim dublado, pois não suporto muito ficar ouvindo em japonês..chinês..Fico feliz que tenha gostado do anime.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uaaau. Gostei da sinceridade kkkkkkkkkk
      Também cresci assistindo os animes que você citou e continuo gostando, adoro a cultura oriental =)

      Excluir
  6. oIOI!!
    Faz tanto tempo que não vejo anime!!! Mas adorei a resenha sobre ele, deu mesmo vontade de assistir :)
    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu também estava há um tempo sem assistir animes, agora voltei com tudo! hahaha Espero que assista e goste =)

      Excluir
  7. Olá!! :)

    Eu confesso que não costumo ver animes, mas ainda bem que gosatste de assistir! :) Foi bom conhecer, seja como for.

    Enfim, é realmente pena quando as musicas são chatas, especialmente a abertura…

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena que não assiste animes. Sou suspeita para falar, mas é muito legal!

      Excluir
  8. Oie amore,

    Que blog mais fofo...
    Assisti poucos animes, esse ainda não conhecia.
    Gostei da dica!

    Beijokas

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger