.12 de junho de 2018

O País de Outubro - Ray Bradbury


Há quase dois anos atrás, li pela primeira vez uma obra de Ray Bradbury: Farenheit 451. Uma história que deixa qualquer leitor de cabelo em pé... Gostei tanto da escrita desse autor que decidi ler outro livro escrito por ele. Demorou, mas esse ano consegui ler a coletânea de contos O País de Outubro
Quando você lê ou ouve a palavra Outubro o que vem primeiro a sua mente? Eu penso, confesso, no outono e nas cores outonais (influência da literatura e filmes produzidos no hemisfério norte...) e, claro, no Halloween! E, em consequência dele, em coisas macabras e sobrenaturais. Logo, o que esperar de uma obra cujo título é O País de Outubro? Muitas histórias sobrenaturais, claro! 
Ao longo dos dezenove contos que compõem essa coletânea, encontramos diversas situações fantásticas, fora do comum, com criaturas não-humanas e um pouco assustadoras até... 
Os primeiros seis contos, para mim, não foram muito interessantes. Achei-os bem chatos e o tom fantástico mais "realista" ou "sutil" contido neles não foi bem trabalhado pelo autor, infelizmente. Mas, calma, esse não é um livro ruim! Do sétimo conto ao último, a impressão é completamente diferente! As narrativas são bem desenvolvidas e instigantes! Deixam você roendo as unhas e querendo saber mais! Sério, a genialidade de Ray Bradbury fica bem visível nelas, o que me deixou muito feliz, pois realmente gostei do primeiro contato que tive com sua escrita.


Destaco as histórias mais interessantes ou perturbadoras para mim: 

Em O Pequeno Assassino, uma jovem mãe pensa estar sendo ameaçada de morte por seu bebê recém-nascido.... 
A Multidão mostra que toda vez que acontece um acidente independente de qual tipo ou onde, sempre uma multidão com as mesmas pessoas aparece, antes da polícia e bombeiros, decidindo assim se a vítima vai viver ou morrer... 
A caixinha de Surpresa mostra o filho de Deus aprendendo, ou não suas funções divinas... 
A Segadeira faz um homem ceifar a vida das pessoas toda vez que corta um campo de trigo que não para de crescer nunca...
O Vento, traz um homem perseguido pelo vento, sim, pelo vento e ninguém acredita nele, mas será que se acreditassem, poderiam salvá-lo dessa força da natureza? 
Com dito anteriormente, adorei vários contos, porém esses foram meus favoritos e os que mais me impressionaram pela criatividade do autor. 
Sinceramente, comecei a leitura de O País de Outubro sem saber o que esperar, me decepcionei no começo, no entanto a leitura engatou e foi surpresa e empolgação até o fim. A escrita de Ray Bradbury é muito envolvente e criativa, com certeza, ele se dá muito bem tanto na ficção científica quanto na fantasia. Recomendo esse livro a todos que gostem de histórias curtas e com temática sobrenatural. vocês vão adorar!


14 comentários:

  1. Também li Farenheit 451 e achei super interessante (apesar de não ter curtido muito o final), quero muito ler outras obras dele, mas confesso que não conhecia "O país de outubro", apenas "crônicas marcianas".
    Gostei da resenha, irei colocá-lo na minha lista =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, menina, preciso ler esse Crônicas Marcianas também!! Não conhecia essa obra! Vou procurar já =D

      Excluir
  2. Olha eu fiquei bem chocada com O Pequeno Assassino, penso que perturbador ler isso
    O Vento eu ainda achei leve pelo que você escreveu ahahahahaha.
    Não conheço as obras do autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Pequeno Assassino é bem sinistro mesmo =O

      Excluir
  3. Pelos contos que voce citou aqui, parecem ter enredo bem criativos.. achei interessante e acredito que seria uma boa leitura apesar de nao conhecer oma escrita do autor! A resenha esta otima e agradeço a dica!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Realmente, esse livro é muito criativo mesmo =D

      Excluir
  4. Oi Andrea, eu ainda não li o Farenheit 451, ele está aqui na minha listinha de leituras futuras. E agora amei essa indicação d'O País de Outubro, quero muito ler também. Indicação maravilhosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu sou suspeita para falar, mas espero que leia ambos os livros e goste tanto quanto eu!! =D

      Excluir
  5. Oi! Tudo Bem?

    Bom, eu não gosto tanto deste gênero, mas achei o conto do cara perseguido pelo vento bem interessante (nunca li algo assim) .
    Tem alguns livros que no início não são tão bons, mas que depois fluem e tornam a leitura a maravilhosa. Fico feliz que este livro tenha sido assim e que você não tenha se decepcionado com o autor.
    Adorei a resenha.
    Beijos,
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procura por esse conto na internet. Vale mesmo a pena! =)
      Esse ano tive algumas decepções literárias, então, foi mesmo muito bom ter gostado dessa leitura.
      Bjs

      Excluir
  6. Não conhecia nenhuma das outras obras de Ray Bradbury e acho que teria passado esse livro, já que contos não são algo que me atraem normalmente. Mas o seu post sobre essa obra está muito interessante, gostei de conhecer melhor os contos.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Mari!!
      Espero que possa ler esse livro um dia e goste =)

      Excluir
  7. eu adoro contos, ainda mais com essa temática. escritos por Bradbury, melhor ainda... tbm comecei a ter contato com sua escrita a partir do 451, que gostei bastante... já vou add esse título em minha lista para futuras leituras...
    bjs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da dica! Espero que leia =)

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger