.21 de maio de 2018

Tudo o que você precisa é matar - Hiroshi Sakurazaka

Sim, o título desse livro é estranho e, não, não tem nada a ver com psicopatia ou serial killers... 

Serio. Não sei como esse livro chegou até minhas mãos, mas Tudo o que você precisa é matar mostrou-se uma leitura inédita, interessante e intertextual. 
Inédita, primeiro, pelo fato de eu não saber nada a respeito de  Hiroshi Sakurazaka e, segundo, porque a história narra um conflito de décadas entre a humanidade e uma espécie de alienígenas quase indestrutíveis que tem como único objetivo matar toda e qualquer forma de vida em nosso planeta. 
Interessante, pois temos duas narrações diferentes: em primeira pessoa, acompanhando o protagonista Keiji Kiriya, um recruta obrigado a lutar nessa guerra quase sem esperança para nós, que está preso em um loop temporal em que sempre morre lutando com uma das criaturas chamadas de Mimics, mas logo em seguida acorda em seu quarto no dia anterior ao ataque... E em terceira pessoa, com um narrador onisciente explicando como começaram os conflitos seu surpreendente e medonho porquê, o motivo dos seres humanos estarem perdendo feio e, claro, o loop temporal, nossa maior fonte de ansiedade. 
Por fim, intertextual uma vez que a luta entre humanos e alienígenas lembra muito o enredo do anime Evangelion, além disso, a explicação para o surgimento da invasão dos bizarros extraterrestres assemelha-se bastante aos filmes Prometheus e O Destino de Júpiter algo muito legal e fonte de várias conversas e dicas para os amantes de ficção científica. A propósito, Hiroshi Sakurazaka é um ávido jogador de vídeo game e apreciador do gênero supracitado, logo, a obra torna-se bem contemplativa e viciante. 
Obviamente, não dei muitos detalhes sobre o enredo, afinal, quero instigá-los a ler essa história super ágil e eletrizante. Um ponto negativo é que por enquanto o livro está disponível em português apenas em e-book, mas, se você lê em inglês, pode comprar a versão física e tem até continuação. Como o livro foi publicado em 2004, acho bem difícil trazerem para o Brasil agora... mas tenhamos esperança! 
Tudo o que você precisa é matar foi uma leitura extraordinária, repleta de reviravoltas e elementos conhecidos. Há algumas falas clichês de guerra? Sim, porém são poucas e o enredo não é pautado nelas, são apenas momentos, ou seja, a mesmice passa bem longe dessa obra. Indico-a para todos aqueles que, como eu, adoram ficção científica, em especial, com invasões alienígenas.

Gostaram da dica? Já leram esse livro? Tiveram contato com as referências citadas? Digam-me nos comentários. =)

16 comentários:

  1. Não conhecia o livro e nem o autor, para falar a verdade. Eu me interessei por ele, mas não leio em Inglês, e por ter a continuação acho melhor ficar por enquanto na torcida.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que pena, Rose, porque sinceramente, não sei se vão trazer para cá, mas vamos torcer!!

      Excluir
  2. Olá!
    Não conhecia. E apesar de gostar de histórias que falam do planeta e os conflitos criados pela humanidade, não sou muito fã de ETs e sempre fico com receio de ler tbm. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha acho que você gostaria desse. Não é focado nos ets. =)

      Excluir
  3. É um estilo bem diferente do que costumo ler, mas fiquei instigada a conhecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, July!! É bem diferente mesmo! Mas é bem legal também =D

      Excluir
  4. Adorei sua resenha, mas dessa vez eu passo a dica, não gosto de ficção e menos ainda quando envolvem alienígenas. Mas achei bem interessante, principamente pelo tipo de narração, com dois tempos diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena! =/
      A narração é bem interessante mesmo!

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro e nem o autor, porém, confesso que é algo que foge totalmente do meu estilo de leitura. O enredo não despertou muito minha curiosidade, especialmente pelo fato de eu nunca ter sido fã de histórias envolvendo extraterrestres.
    Infelizmente, vou passar a dica desta vez. Mas fico feliz que você tenha gostado tanto da leitura e espero que publiquem a continuação no Brasil.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena =/
      Bem, eu também espero que publiquem a continuação, acho difícil, mas tenhamos esperança!

      Excluir
  6. Oii!
    Achei a trama bem diferente e o título chamativo! Com certeza uma ótima dica para quem curte ficção científica com alienígenas, mas não sei se seria! Não faz muito meu estilo de leitura rs Não conhecia o autor nem o livro!

    Bjs
    Blog Perdida nas Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ótima leitura mesmo, mas se você não gosta de ficção, pode ficar maçante...

      Excluir
  7. Olá Andrea!!
    Parece ser um livro de ficção muito interessante! Adorei sua resenha e fiquei com vontade de ler :)
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mesmo!! Muito legal, foi uma grata surpresa!

      Excluir
  8. Oie
    que bela capa e belo enredo e ainda não conhecia, gostei muito da sua dica e do enredo que o livro tem, bela dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger