.6 de novembro de 2017

As Crônicas Lunares - Livros 1,2 e 3.

Olá, pessoal!

Caras, eu não desisto! Sei que existem young adults legais, por isso estou dando uma oportunidade a mim mesma de conhecer novas narrativas e de me divertir, ou não com elas. 


Quem me conhece sabe o quanto adoro contos de fadas, principalmente, os recontos contemporâneos dessas histórias. Esse ano li os dois primeiros livros da trilogia Reckelless e, agora, trago para vocês minhas impressões acerca dos três primeiros da quadrilogia As Crônicas Lunares de Marissa Meyer.

       Em Cinder, primeiro volume da série, seremos apresentados a esse universo futurístico no qual a Terra já vivenciou uma Quarta Guerra Mundial e pode estar caminhando para a Quinta. A Lua foi colonizada por humanos que, com o passar dos séculos, desenvolveram poderes especiais e tornaram-se uma ameaça aos terráqueos. Por causa dos conflitos, o Globo foi reorganizado e todos os países restantes da Ásia se uniram na Comunidade das Nações Orientais e é nela que se desenvolve esse enredo. 
Cinder é uma ciborgue de 16 anos, adotada há cinco pelo marido de Adri, sem o consentimento desta, a moça vive com as constantes ameaças da "madrasta" e o preconceito geral por causa de sua peculiar condição. Um dia, em seu trabalho como mecânica, ela é visitada pelo príncipe Kaito. O rapaz lhe pede o conserto de um androide bem suspeito... É a partir desse encontro, óbvio, que os dois vão se apaixonar... 
Mas, na verdade, a trama começa de fato, porque a meio-irmã da protagonista é infectada pela Letumose, uma doença contagiosa que já matou milhões de terráqueos e não tem cura ainda, e por alguma ironia do destino, Cinder, a garota ciborgue, parece ser a chave para descobrir uma possível cura para a mesma, porém, os Lunares não estão nada satisfeitos com isso e sua rainha, Levana, "a mais bela de todas", fará de tudo para destruir nossa heroína... 
      No segundo livro, Scarlet, vamos continuar acompanhando a jornada de Cinder, agora procurada pela Justiça Interplanetária pelo fato de ser uma ciborgue lunar... e conhecemos a jovem que empresta o nome à história, uma fazendeira francesa, desesperada por causa do sumiço da avó. 
Ao longo da narrativa, a moça conhece um rapaz muito estranho e lutador de rua: Lobo. E descobre que toda a sua vida foi um emaranhado de mentiras e que sua família tem algum tipo de relação com Cinder e foi esse o motivo do rapto de sua querida avó. 
É claro que a moça de cabelos vermelhos como o fogo e LoBo vão se apaixonar, porém, há um motivo macabro para ele se autodenominar assim e talvez isso possa colocar em risco a vida de Scarlet e de todos os habitantes da Terra... 
     Cress começa do exato ponto em que o livro anterior termina: Cinder e Scarlet se uniram e estão conspirando para depor Levana que tem como maior objetivo casar-se com Kaito para assim começar seu plano de "dominar o Mundo", contudo, todos os governos estão atrás delas, logo, precisam do apoio de algum hacker para esconder suas coordenadas e é ai que Crescente, ou apenas Cress, entra na jogada. 
Somos apresentados a essa jovem de longuíssimos cabelos louros que viveu completamente isolada por sete anos em um satélite próximo a Terra, trabalhando desde pequena como programadora/espiã para a rainha lunar. No entanto, ninguém contava com o fato da menina nutrir um amor muito grande por nosso planeta e seus habitantes e contatar nossa ciborgue para ajudá-la em seu objetivo. 
Infelizmente, a "traição" é descoberta e Cress é descartada por seu governo e lançada em queda livre dentro de seu satélite para a Terra. É claro que ela sobrevive, se apaixona por um dos aliados de Cinder e faz parte do plano para impedir o casamento de Kaito e Levana. 
     Como vocês já devem ter percebido, esses três livros fazem referência, respectivamente a: Cinderela, Chapeuzinho Vermelho e Rapunzel. Sinceramente, gostei bastante dos elementos intertextuais dessas histórias. Gostei também das protagonistas terem profissões e não dependerem de um "príncipe", elas são ajudadas por figuras masculinas, mas são peças-chave no desenvolvimento da trama. Contudo, esta é uma série young adult... ou seja, tem adolescentes  salvando o mundo, relacionamentos amorosos desnecessários e muito clichês, diálogos e "reflexões" superficiais e também clichês em vários momentos, enfim, o pacote completo ainda assim o elemento ficção científica é interessante e ao longo das leituras você se pega querendo mesmo saber o que vai acontecer as personagens e a introdução à princesa Winter só me fez ficar mais curiosa com o desfecho dessa série. 

Agora, quem vai gostar desses livros? 

Pessoas que adoram romances para jovens adultos independente da temática, quem gosta de releituras de contos de fadas independente do gênero literário e quem gosta de ficção científica sem muita teoria. Lembrando sempre que esses livros são puro entretenimento, não espere explicações detalhadas ou grandes reflexões científicas. Essas histórias são divertidas, leves e valem a pena por isso, mas apenas por isso. 


Cincer, Cress e Scarlet por @deviantART

20 comentários:

  1. Olá!! :)

    Eu confesso que já ouvi falar deste livro por diversas vezes, ainda bem que gostaste!! :) Gostei!

    Fico curioso com essa visão futurística, e mesmo com a vertente jovem do livro, mesmo que não seja grande fa de releituras...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa série é legal, mas pode não agradar a todos.
      =)

      Excluir
  2. Olá, eu não sinto vontade de ler esse livro. Já li algumas resenhas, mas nenhuma fez com que eu mudasse de idéia.

    ResponderExcluir
  3. oieee
    eu acho esses livros maravilhosos, e sempre tive muita vontade de ler, porém até hoje fico adiando, acho que realmente vou gostar das obras pela sua descrição, adorei o post, ótima dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Então, acho que vai gostar das leituras =)

      Excluir
  4. Olá! Nunca li essa série, não sei bem o motivo. Assim como você acho a premissa de recontos bem interessante!
    Quem sabe dou uma chance sem grades pretensões!
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Quando tiver tempo, dê uma chance, vai se divertir bastante.

      Excluir
  5. Oiii Andrea

    Eu li exatamente até Cress, estou com Fairest (a história da Levana) ja aqui na mesinha pra conferir. Essa saga pra mim foi melhorando muito em cada livro. Cinder me pareceu legalzinho sabe, mas não foi inesquecivel. POrém com Scarlet e Cress eu me apaixonei mesmo, curti demais os personagens e as referências implicitas na história dos contos originais, estão ali em pequenos ou grandes detalhes e achei isso super interessante. Espero que vc leia Winter e nos deixe sua opinião também, ouvi dizer que apesar de longo é o melhor da saga também.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê!!
      Pretendo ler Winter no ano que vem!! =D
      Esse da Levana não tenho muito interesse, mas aquele da Rainha de Copas eu quero muito ler!! =D
      Bjss

      Excluir
  6. Ola,
    Sinceramente não me chamou muita atenção essa história não e eu gosto bastante de young adult, porém esse pareceu uma miscelânia de várias coisas e perdi meu interesse. Sei lá, posso ser antiquada mas não consigo ver cinderela como uma ciborgue de um planeta distante, sei lá esquisito. Fica para próxima dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. oi, Andrea... então... apesar de curtir contos de fadas sou bem cismada com essas releituras... prefiro as tramas mais cruas dessas histórias... já tinha visto essa trilogia mas nada nela me atraiu a atenção, confesso...
    bjs...

    ResponderExcluir
  8. Ooi. Eu não curto contos de fadas, mas sempre acabo tendo um crush pelas releituras. Eu nunca tinha tido interesse em ler essa historia, na verdade sabia muito pouco sobre ela (confesso que nem a resenha do Alisson no meu blog eu li kkk) mas achei interessante eles serem ~robos. Parece ser uma leitura legal e vou tentar colocar na lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      kkkkkkk
      Olha, acho que se gosta das releituras, talvez goste dessa. =)

      Excluir
  9. Oi Andrea, tudo bem?

    Já tinha visto algumas pessoas falando do primeiro livro da série e tinha ficado bem interessada. Agora, ao conhecer mais sobre os livros subsequentes, fiquei ainda com mais vontade de ler as obras. Gosto de livros young adults e dos clichês adolescentes, então, por isso mesmo, creio que a obra iria me agradar bastante. Adorei a sua resenha e a sinceridade empregada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá, o que achei bacana nessa trilogia é que ela mescla várias temáticas para criar uma história bem singular. Não me atraio muito por fantasia, e prefiro livros que se aprofundam mais na trama, o que não é o caso desse. Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá
    ja ouvi falar um pouco sobre os livros dessa série mas nunca cheguei a realmente querer ler, ainda assim boa dica e quem sabe eu não arrisque, muito legal os personagens e saber um pouco mais sobre a trama

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Sou apaixonada por essas capas, e tenho vontade e curiosidade de conferir essa história, que é bem diferente do que costumo ler e é até bom sair um pouco da zona de conforto e se aventurar em novos mundos! Muito bom conhecer!

    beijos!
    blogdatahis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger