.15 de dezembro de 2016

Jane Eyre - Charlotte Bronte

Um dos primeiros romances "de formação", publicado em 1847 em três volumes sob o pseudônimo de Currer Bell, Jane Eyre é um livro que mistura crítica social, mistério e, claro, romance com muita maestria da autora, característica de família... 
Narrada em primeira pessoa pela própria Jane Eyre, a obra nos mostra todos os momentos da vida dessa moça órfã, obrigada a morar na casa de parentes que não a queriam e aos dez anos, após, finalmente, deixar clara sua indignação com os maus-tratos sofridos, enviada a um "asilo de caridade" para meninas, onde permanecerá por oito longos anos de sua vida. 
Nossa protagonista é sempre descrita como uma menina desprovida de beleza, mas muito inteligente e sagaz, no entanto, para a sociedade, mocinhas deveriam ter muito da primeira qualidade e nada da segunda, por isso Jane é desdenhada por quase todos ao longo de sua história. 
Aos dezoito anos, cansada de ser professora no asilo, decide publicar um anúncio no jornal local e é contratada para trabalhar como governanta em um condado próximo. Ao chegar a essa nova casa, a moça não conhece seus patrões o que a deixa muito feliz, pois não consegue ser falsa, ou bajuladora como tantos apreciavam, mas, justamente por essa falta de patrões que Eyre acaba ficando intrigada com a procedência de sua aluna, Miss Adele... 
Alguns meses após sua chegada, Jane conhece seu estranho e muito excêntrico empregador, Mr. Rochester, e por incrível que pareça, eles tornam-se grandes amigos e talvez essa amizade possa evoluir para algo mais... 
Apesar de querer ser feliz nessa nova casa, a protagonista sofre com os mistérios que a permeiam, pois ouve quase todas as noites lamentos e barulhos estranhos vindos não se sabe de onde, produzidos não se sabe por quem, além de vários acidentes sérios que não possuem nunca um "autor", todos esses mistérios, aliados a maneira ambígua com a qual Rochester a trata, fazem Jane perder o sono e sua tão sonhada paz de espírito... 
É claro que o romance traz muito mais ações, no entanto, contar mais do que isso seria estragar a aura de mistério e reviravoltas que permeiam a obra. O que posso falar além disso é que Jane Eyre é um livro muito bem escrito com uma crítica social marcante e, ouso dizer, uma crítica ácida ao comportamento das personagens austenianas podendo não agradar aos fãs dessa autora, mas é uma história muito boa e merece ser lida e comentada sempre. ^^ 

34 comentários:

  1. Oi Andrea,
    mt bacana sua resenha, tem tudo o que eu gosto num livro: suspense, romance e ainda critica social hahah ja coloquei na lista :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fico feliz que tenha gostado! Leia, porque esse livro é muito bom!
      =)

      Excluir
  2. Olá Andrea, tudo bem?

    Achei muito legal a capa da obra, bem intrigante. Outro fato que me interessou é que o romance consegue mesclar toques de suspense e críticas sociais, algo que dá um diferencial para a obra. Por fim, eu confesso que não conhecia esse livro ou a autora, é uma novidade! Adorei a dica!
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yvens! Tudo bem sim e você?
      Ah, menino, se um dia quiser se aventurar pelos romances vitorianos, super indico Charlotte Bronte! Ela escreve muito bem! =)

      Excluir
  3. OOI!
    Não conhecia o livro, mas já gostei!
    Apesar que não curtir muito suspense, há o romance e a crítica a sociedade, que amooo. Dica anotada!

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia o livro m, a capa e o título não me atraíram mas algo na trama me chamou atenção e talvez eu o lesse sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os romances vitorianos não têm um impacto muito grande nos títulos, mas as histórias são muito boas e bem escritas. Vale a pena!

      Excluir
  5. Olá, Andrea.
    Comecei a assistir o filme baseado neste livro, mas não consegui termina-lo, não lembro a razão.
    Tenho grande vontade e curiosidade em ler este livro, ele é alvo de muitas críticas positivas e isso me deixa cada vez mais ansiosa para realizar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana.
      Menina, as adaptações de Jane Eyre eu não conheço, mas imagino que o ritmo não seja tão interessante, porque no livro você acaba se adaptando, mas na mídia acho que fica difícil =( Espero que leia e goste!

      Excluir
  6. Não li esse livro ainda mas ja ouvi falar dessa obra.
    Me indicaram uma vez mas acabei não pegando.
    Vou por na lista das próximas leituras.

    ResponderExcluir
  7. Oie, Andrea. Eu não conhecia o livro, mas o enredo é realmente interessante. Essa mistura de elementos é realmente tentadora, afinal uma boa estória, mistérios, romances e uma protagonista que tem tantas qualidades e não focar apenas em aparência, faz do livro para mim uma ótima opção. Adorei a resenha.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É muito bom mesmo, espero que possa lê-lo! =)
      Obrigada!

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Tenho vontade de ler este livro, assisti o filme tempos atrás e gostei bastante!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem sim e você?
      Leia mesmo! =)
      Bjss

      Excluir
  9. Oi Andrea! ^^
    Eu já havia escutado falar desse título, mas não recordava mais sobre o que era a história. Agora após ler a sua resenha sinto me despertada, na verdade minha curiosidade. Que história é essa de barulhos estranhos? O.o O que está acontecendo nas paredes dessa casa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Amanda!
      Então... temos um mistério envolvendo a casa e o dono...
      hahaha

      Excluir
  10. Que grata surpresa, não conhecia o romance e de forma geral, apesar de não fazer meu estilo, fiquei profundamente curiosa, muito inclinada a leitura deste. A família Brontë com seu talento indizível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, menina, que bom que gostou! Com certeza, agora preciso ler todos os outros romances escritos por essas irmãs! =)

      Excluir
  11. Olá =) Não conhecia o livros. Apesar de não curti muito esse tipo de romance apresentado no livro. Gostei de saber que tem mistério e que trata de critica a sociedade. Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê, uma pena que não faça seu estilo =(
      Bjss

      Excluir
  12. Andrea querida, que resenha mais linda! Fiquei interessada mesmo em ler, é um gênero que levaria até a faculdade diante de obras que me pedem para ler, dica super anotada!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgs!!
      Ah, infelizmente, na faculdade não incluíram esse livro em meu currículo! Espero que você faça essa leitura e goste!
      Bjss

      Excluir
  13. Olá Andrea,
    Amo Jane Eyre, uma das minhas personagens preferidas, sua força de mostrada ao longo da história é essa muito bem desenvolvida. Não a comparo com as personagens de Austen, ela tem sua singularidade e veio em uma época em que era necessário expor uma personagem desse tipo.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Também gostei bastante da personagem e do livro, estou louca para ler outros romances das irmãs Bronte!
      Bjss

      Excluir
  14. Olá, tudo bem? Ainda não li nada das irmãs Bronte mas tenho muito curiosidade, afinal elas caem no gênero que amo. Adorei demais sua resenha e acho que vou me identificar com muitos pontos que foi citado por você!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!!
      Espero que goste mesmo dessa leitura! =)
      Bjss

      Excluir
  15. os únicos romances de época que me atrevo a ler são os clássicos... e Bronte está em minha lista [sou apaixonada pela irma Emily]... Jane Eyre está em minha lista há tempos... ^^
    fiquei curiosa com as criticas sobre as personagens de Austen heheehh
    bjs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Valéria!
      Olha, diga-se de passagem, eu também! Não me interesso muito por romances de época escritos por autoras contemporâneas, acho que falta veracidade, sabe? Preciso reler O morro dos ventos uivantes já!
      Espero que goste de Jane Eyre!
      Bjss

      Excluir
  16. Oi Andrea! Tudo bem?
    Adorei sua resenha! Conheço o livro, mas não li ainda, só vi o filme, que amei! Já passou da hora de ler, já que faz tanto tempo que vi o filme, mas falta tempo! Clássicos como esse sempre são bons, só tem um que não gostei, mas preciso analisar mais para poder afirmar se odiei ou não, que foi O morro dos ventos uivantes. Achei o livro MUITO denso! Parabéns pela leitura e pela resenha! Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sophia!
      Muito obrigada mesmo pelos elogios!
      Olha, eu li O morro dos Ventos Uivantes quando tinha uns quinze anos e também o achei uma leitura densa e muito dramática, pretendo relê-lo, agora, adulta, para saber se realmente vou gostar ou não. Leia o Jane Eyre porque ele é bem mais tranquilo no quesito drama hahahaha
      Bjss

      Excluir
  17. Os clássicos da literatura inglesa sempre me chamaram atenção. E, ainda mais os das irmãs Brontë cujas personagens são antiherois, daqueles que não estamos acostumados. Eu só assisti ao filme, não cheguei a ler o livro ainda. E, depois de sua resenha, é um lema para esse ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Esse foi o primeiro livros das Bronte que li na fase adulta (li O Morro dos Ventos Uivantes quando adolescente apenas), mas pretendo ler todos os romances delas porque pelas resenhas que vi são maravilhosos! E adorei Jane Eyre!
      Bjss

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger