.15 de setembro de 2016

O Jardim Secreto - Frances Hodgson Burnett


... E mais uma vez, Frances Hodgson salva o dia, pessoal! Por quê? Ora, porque eu simplesmente não suportei a leitura anterior que foi Mansfield Park e consegui, de novo, um alívio enorme ao ler uma história tão cativante e gostosa como O jardim secreto. Palmas para essa autora! Eu pretendia parar nesses dois, mas estou pesquisando outras obras dela. 
Mary Lennox é uma menina horrível. Sério, Aos dez anos de idade ela é o terror dos criados nativos, é tão emburrada que seus pais não lhe dão a mínima  e suas tutoras não a aguentam por mais de três meses. Mas precisamos nos lembrar de que Dona Mary é uma criança e toda má-criação não é unicamente sua culpa,  e sim da negligência de seus pais e indulgência dos criados e vivendo na Índia durante toda sua curta vida, nossa protagonista se depara com um problema mortal: a cólera ceifando todas as pessoas da casa, menos ela que sobrevive e vai morar na Inglaterra, mais precisamente em Yorkshire, com um tio do qual nunca ouvira falar. 
Ao chegar à Europa, Dona Mary vê-se em um ambiente propício para exercícios, atividades ao ar livre e comilança, tudo o que ela achava impossível com o clima indiano, além disso a jovem recebe a atenção dos criados da casa, no entanto não é mimada e seu comportamento antipático é repreendido o tempo todo. Ela faz amizade com Martha, empregada responsável por seus cuidados e logo depois, com o irmão da moça, Dickon que é o menino mais fofo e gentil do mundo, quase uma representação de um pequeno  São João rodeado de animais e sempre com um sorriso nos lábios. Essas amizades fazem com que Dona Mary se torne uma criança mais feliz e saudável, porém, a grande propriedade rural esconde alguns mistérios...
O sr. Crane, tio da protagonista, é um homem solitário e assolado pela tristeza de ter perdido a esposa pouco tempo após o casamento. Esta era apaixonada por jardinagem e tinha um jardim particular que após sua morte foi trancado e ninguém mais entrou ali, pelo menos, não antes da chegada de Mary... Esse primeiro mistério traz à tona mais um que é um choro de um menino que ninguém parece notar, mas Mary descobre que a pessoa por trás das lamúrias é seu primo, Colin, que nem mesmo seu tio falou a respeito, O garoto tem um temperamento ainda mais detestável do que a prima tinha e ambos vão se unir para dar vida ao jardim secreto e melhorarem suas atitudes.
Esse livro traz, tal como A princesinha, uma narrativa didática que tenta ensinar as crianças a como se portar diante das dificuldades, todas, é claro, tendo como base o que os adultos da época acreditavam se bom para crianças, algo que eu também achei muito válido e fiquei até um pouco triste por não ter contato com essas obras durante minha infância, pois o modo como essas crianças encaram o mundo e ultrapassam obstáculos é uma coisa que ainda preciso aprender! 

4 comentários:

  1. Oi, Andrea!
    Não é que novas melhores leituras vieram?
    Achei bem interessante a premissa desse livro e achei bem curioso o que você disse sobre "tentar ensinar as crianças como se portar". Deve ser um ótimo livro :3

    Bjs!

    -Ricardo, Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ric!
      Pois é, menino. Ainda bem! hahaha
      O livro que estou lendo agora também está muito legal. =)
      Sabe, pelos dois livros que li dessa autora, acredito que ela sempre escrevia para as crianças da época de maneira bem pedagógica, por isso está sempre "ensinando algo".
      Bjss

      Excluir
  2. Oie... Faz tempo que não passo por aqui pelos comentário, mas, estou sempre ligadinha aqui. Eu amo esse livro, li uma vez só uns cinco anos atrás, mas, o filme faz parte da minha vida desde a infância.

    Indiquei o seu blog para responder uma TAG, passa lá pra conferir.

    http://mundoliterariodacecy.blogspot.com.br/2016/09/beds-post-n-16-tag-versatile-blogger.html

    Beijoooo! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, moça, tudo bem?
      Que bom saber que tem me visitado e que também adora essa história! O filme também fez parte da minha infância e conheci o livro através dele.
      Obrigada por lembrar de mim em sua tag! *____* Já vou lá dar uma olhada!
      Bjss

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger