.15 de abril de 2016

#6 - Sussurros do Coração e Princesa Mononoke

Para os que são novos por aqui, esse é um post de uma maratona que estou fazendo de filmes do Studio Ghibli. Se quiser saber mais, clique aqui



Shizuku é uma adolescente que adora ler. Ao longo de suas leituras, ela percebe que tem alguém, Amasawa Seiji, que sempre lê os mesmos livros que ela, só que antes... Essa coincidência a intriga muito e faz com que a menina tenha vontade de conhecer essa pessoa que tem um gosto literário tão semelhante ao dela. 
Um dia, na escola. Shizuku encontra-se com um garoto e logo antipatiza com ele. Num outro momento, ao seguir um gato muito estranho, ela encontra-se de novo com o mesmo rapaz e fica com mais raiva ainda, mas após conhecê-lo melhor, ela descobre que ele é Seiji e começam uma bela amizade...    
Esse filme é repleto de referências a outros do estúdio e eu achei isso muito legal! Por exemplo: O gato misterioso leva Shizuku até uma loja e, lá, ela encontra a estátua de um gato muito parecido com o de O reino dos gatos, há também um relógio antigo que tem escrito "Porco Rosso" na frente, uma bruxinha, bem parecida com Kiki, pendurada no quarto da protagonista e por ai vai... 
Além de tudo isso, essa produção trata de maneira inteligente e delicada a respeito dos anseios e inseguranças dos adolescentes que, independente da nacionalidade e cultura, são muito parecidos... 



Uma aldeia é atacada por um Deus-javali que foi envenenado e procura por vingança. O príncipe dessa aldeia, Ashitaka, mata o animal e acaba contaminado com o veneno dele - o ódio. 
Para conseguir acabar com a maldição e sobreviver, o rapaz deve deixar tudo o que ele conhece e desbravar o país à procura daqueles que envenenaram o Deus-javali. 
Ele chega a uma floresta sagrada e lá tem o seu primeiro encontro com a chamada "Princesa Mononoke" e com os bons espíritos que o ajudam em sua jornada. 
Já fora da floresta, Ashitaka encontra a fortaleza de Lady Eboshi, uma mulher extremamente paradoxal: ela cuida de leprosos, ajuda moças que viviam em bordéis lhes dando empregos dignos e preocupa-se com as pessoas que trabalham para ela, mas quer destruir a todo custo a Floresta Sagrada e os espíritos que nela habitam.    
A princesa Mononoke ( humana criada por lobos) odeia Lady Eboshi e também quer matá-la a todo custo. É ai que Ashitaka percebe que para destruir a maldição que o consome, ele deve encontrar o equilíbrio e ajudar humanos e espíritos a desvencilharem-se do ódio que também os corrói. 
Esse filme tem um discurso parecido com o de Pom Poko, no entanto, seu tom é muito mais sério e não muito recomendável para crianças pequenas, apesar do belíssimo traço do Ghibli estar presente, nessa obra o descaso com a natureza será tratado de uma maneira bem adulta, sem alívios cômicos. 


Espero que tenham gostado dessas "mini-resenhas" e que assistam aos filmes que são maravilhosos e muito reflexivos, cada um na sua esfera. Beijos... 

12 comentários:

  1. Adorei a resenha!


    http://docedezoitoblog.blogspot.com.br/ ♡

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?

    Nossa, quando adolescente eu adorava mangás e lembro que assisti chorando ao anime Ano Hana. Mas, desde então, nunca mais tive contato com o que é produzido no oriente e sinto bastante falta. Gostei muito do primeiro filme, pois parece muito fofo e a história se assemelha a um livro YA ocidental com um pouco de magia. O segundo filme me chamou atenção pela sobrenaturalidade (esse espiritozinhos parecem super fofinhos!). O fato de ser num tom mais sério também me agrada bastante. Com certeza, quero assistir aos dois, obrigada pela recomendação! ^-^

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro mangás e animes até hoje!! Quero fazer uma página aqui só sobre isso, mas e o tempo deixa? Projeto para o futuro... Adoro os filmes do Ghibli! São maravilhosos e sempre reflexivos! Obrigada pelo comentário! Espero que goste dos filmes!! *___*

      Excluir
  3. Amo mangá. E já fiquei curiosa p assisti esses filmes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai ficar contente em saber que o primeiro filme é baseado em um mangá mesmo! ^^
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  4. Olá, não sou muito ligada em Mangás... mas seu post conseguiu me deixar curiosa! Parabéns!!

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro filme é baseado em um, já o segundo não.
      A arte japonesa é linda e esses filmes valem muito a pena, sério, se puder assisti-los você vai gostar! *___*
      Obrigada pelo comentário! Bjss

      Excluir
  5. Andrea, não conhecia o filme e nem o estúdio.
    Gostei bastante da história e fiquei bem curiosa para assistir.
    Curti sua resenha.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que pude te dar uma dica legal! Obrigada mesmo pelo comentário! ^^

      Excluir
  6. Não sou muito chegada a mangás, mas esse filme, pela sua resenha, me pareceu muito interessante, mas mesmo assim não fiquei com tanta vontade de assistir.

    Beijinhos da Mady.

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger