.24 de março de 2016

Nietzsche em 90 minutos - Paul Strathern

Minha primeira "experiência" com Nietzsche aconteceu no primeiro ano do ensino médio quando minha professora de Filosofia "turista" pediu que fizéssemos uma pesquisa a respeito dele. Naquela época, eu não tinha a menor ideia de quem fora esse filósofo, ou de sua importância para a sociedade contemporânea, eu só queria passar de ano...


Como previsto, esse livro traz apenas um apanhado da biografia de Nietzsche, seus principais pensamentos, a loucura que o abateu e como a própria irmã apossou-se de suas ideias e as deturpou a favor do Nazismo... Tudo, é claro, de maneira concisa, esta não é uma biografia completa do autor, muito menos um compêndio de suas obras e pensamentos. Aqui, vida e obra são "pinceladas" para que, creio eu, o leitor tenha um conhecimento básico a respeito do autor em questão e leia as obras originais do mesmo. 
Durante anos, ouvi o quanto Nietzsche era misógino e por esse motivo, confesso, nunca tive vontade de ler suas ideias, mas, ao final desse volume percebi que de fato ele era misógino... E ainda assim, eu quero ler, pelo menos, Assim falou Zaratustra, para avaliar os conceitos apresentados por ele.
Recomendo a leitura desse livro para pessoas que não sabem ABSOLUTAMENTE nada sobre esse filósofo e querem começar por algum lugar, mas algo que incomoda um pouco nesse edição é a presença constante das opiniões pessoais de Paul Strathern que podem influenciar negativamente um leitor desavisado... 

8 comentários:

  1. Acho Nietsche um cara muito interessante. Já li um livro dele, e agora estou lendo outro, que é justamente Assim Falava Zaratustra, e eu recomendo muito que você realmente leia! Mas, acima de tudo, eu recomendo mais ainda que faça a leitura em grupo, pois acho realmente difícil absorver tanta informação lendo sozinha. Ao menos para mim é fundamental que haja discussão após a leitura de alguns trechos, para fixar mesmo, sabe? É muita informação, não consigo absorver de uma vez só hahaha
    Eu já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas ainda não li, parece ser um complemento legal às leituras do cara. :)

    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zaratustra está na minha lista! Você não pensa em fazer pequenos posts no seu blog para abrir discussões a respeito dessas obras? Ou mesmo, leitura conjunta? Se fizer, quero participar porque Nietzsche parece ser um autor um tanto quanto confuso... rsrsrsrs

      Excluir
  2. Oiii, tudo bem?
    Estou estudando um pouco sobre ele em uma cadeira que estou fazendo de Filosofia sobre ele. Nunca li nenhuma das suas obras e achei uma boa começar por essa até que realmente não sei muito sobre ele. Obrigada pela dica <3
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Que legal!! Olha, essa é uma biografia concisa, mas é um bom começo para ter uma noção de quem foi o autor e a importância dele. Minha próxima leitura será sobre Hegel. *___* bjss

      Excluir
  3. Olá! Nunca li nada sobre ele, já ouvi diversos comentários sobre as obras dele e das importâncias das mesmas. Fiquei interessada em conhecer. Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até agora, só li essa biografia, mas é fato que Nietzsche influenciou e influência até hoje o pensamento contemporâneo. Bjss

      Excluir
  4. Nietzsche é um cara de pensamentos incríveis e isso é inegável. Se não me engano a biografia dele é pouco agitada (como a de outros grandes, como Kant) e talvez essa seja a razão para o estilo cru e realista que ele usa em suas obras. Li apenas o "Humano, demasiado humano" e gostei bastante. Apenas uma coisa foi muito corta clima durante a leitura: a visão dele em relação às mulheres. Nesse sentido, Nietzsche é bastante machista e misógino. É um pouco decepcionante mas ainda assim vale a pena. Diria que é um autor para se ler um trecho por dia. Gosto muito quando usam literatura para deixar a filosofia mais acessível, é ótimo para leitores leigos no assunto ou muito jovens (O Mundo de Sofia mudou meu comportamento em relação à filosofia) mas realmente, é um pouco ruim quando o autor não consegue manter a imparcialidade.
    beijos,
    belblioteca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bel! Obrigada pelo comentário! Sabe, tenho muito receio de ler algo do Nietzsche por causa dessa visão que ele tem ao nosso respeito... Não sei se vou conseguir não me ofender e aproveitar a leitura, ainda assim, tentarei, um dia! Preciso muito ler O mundo de Sofia! Bjss

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger