.22 de março de 2016

As GRANDES aventuras de Daniella - L.L. Alves

Capa da versão e-book
Toda mulher em algum momento de sua vida já teve, tem ou terá problemas com sua aparência. Isso é normal, somos vaidosas e queremos melhorar a cada dia, mas a partir do momento que você deixa ela dominar a sua vida e só preocupa-se com isso... temos um GRANDE problema!!

Daniella Fagundes é uma mulher de vinte e oito anos, formada em Administração, com um namorado maravilhoso e duas amigas de verdade, daquelas no estilo "Conta Comigo". Tudo isso seria perfeito para Dany, se ela não tivesse uns quilinhos a mais... Calma, tá pensando que eu me importo com isso? Antes fosse... 
Nossa protagonista e narradora é extremamente auto-destrutiva! E não consegue aceitar que algo bom aconteça com ela por ser gorda (não diga "gordinha", ela odeia.) e acaba por sempre colocar a culpa em si por tudo e mau ou errado que acontece em sua vida e nas vidas das pessoas próximas a ela... 
Durante quase toda a leitura, Daniella nos mostra o quão difícil é ser gorda e o quão impossível é adequar-se aos "padrões de beleza", agora, pare, espere e respire. Se você nunca sofreu com baixa auto-estima, não sabe como é complicado e tortuoso o caminho para se livrar desse mal, ou mesmo para perceber que isso é um mal, por isso, Dany sente-se cada vez mais presa dentro desse sentimento que vai crescendo e pode, se ela não tomar cuidado, acabar com sua vida.  
Capa da versão física
As GRANDES aventuras de Daniella tem uma narração rápida e, em alguns momentos, divertida e descontraída, por isso não há um aprofundamento de outras questões importantes que permeiam a obra como a depressão da mãe da protagonista, por exemplo. Uma coisa que me incomodou um pouco foi o capítulo extra que parece ser escrito pelo namorado da Dany, mas a "voz" da personagem é a dela! Isso me deixou um pouco confusa... Afora essas duas questões a narrativa da autora não nos deixa largar a leitura e a reflexão a respeito do complexo de inferioridade e da busca pelo corpo "perfeito" que ela quer nos passar é muito profunda e deve ser sempre relembrada e discutida: 

"Você não precisa adequar-se a um padrão, goste de você e, com certeza, as pessoas ao seu redor também gostarão."

Pode parecer clichê, mas há pessoas que precisam ouvir isso todos os dias e se você puder, se conhecer alguém com essas caraterísticas, ajude-a a entender que, não, ela não precisa ser igual a ninguém ou ter vergonha de ser quem é. 
A versão que li desse livro está em formato e-book e comprei na Amazon, mas a autora está lançando a versão física com a Editora Arwen e deixarei todos os links dela e dos livros para vocês. 

Beijão!! 




24 comentários:

  1. Oi Andrea
    Livros que tratam sobre questões de aparência tendem a ser bem interessantes mesmo. Eu não conhecia essa obra, mas já gostei pela sinopse e por suas considerações. E por mais que possa parecer clichê, não deixa de ser importante também. Muito obrigada por essa dica de leitura!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!! Esse livro já vai ser relançado nessa semana pela editora Arwen. É uma ótima leitura!
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Olá, olha eu não conhecia sobre a obra mas ela parece ser bem interessante, e gostei bastante da sua resenha, muito bem feita, irei da uma procurada sobre ele. Valeu a indicação.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio!! *_____* Espero que goste da leitura!! Bjss

      Excluir
  3. Oie, acho a capa desse livro linda e divertida. Livros que tratam sobre a aparência são sempre uma boa questão. A sociedade impõe sempre o que acha ser certo e sempre tem pessoas que sofrem demais com isso.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! O livro tem essa proposta de trabalhar essas questões de uma maneira mais "leve" e descontraída. Gosto das duas capas, mas a primeira acho sensacional!! kkkkk
      Bjss

      Excluir
  4. Oi, acho a capa desse livro e o titulo bem divertido e acho que um livro como esse deve ser lido por toda mulher (acho que alguns homens também), pois ele passa um ar reflexivo, pois devemos nos aceitar do jeito que somos e não fazer como a protagonista que é autodestrutiva, e olha que existem muitas pessoas como a Daniela. É um livro para se ler e pensar.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Concordo com você! Não é um livro para ser lido apenas por mulheres e sim, por todos aqueles que em algum momento sentiram-se diminuídos pelas pressões sociais.

      Excluir
  5. A história parece muito interessante, mas me incomodaria com o fato de não termos assuntos mais aprofundados na trama. Vi o lançamento do livro na página da editora e achei que o livro seria uma comédia, porque o povo tem uma mania de achar que gordo pra ser aceito tem de ser engraçado.
    Acho que deveriam haver mais romances escritos com mulheres fora do padrão, mas não que fosse estereotipado, o que é quase impossível atualmente. Bem, não seria uma leitura que eu faria.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Raíssa, não tem mesmo aprofundamento desses temas infelizmente! Mas, acredito, que pela natureza do assunto, a autora quis deixar a narrativa menos "carregada" por que no final a mensagem é bem positiva e humorada, só que, talvez, ela pudesse ter dado um pouco mais de respaldo à história mesmo assim...

      Excluir
  6. Eu li a Daniela e menina, ela me deprimiu. Eu sou gorda (nasci tão magra, mas tão magra que os médicos temiam por minha saúde). Eu conheço as "rejeições" de aparência e de falta de adequação. Já fui magra demais, tenho peito demais, tenho coxa demais, sou negra, sou baixinha. Estou no esteriótipo errado...

    Mas quer saber? Eu não me importo. Sempre fui mais forte que os esteriótipos. E esse foi o motivo fundamental do livro ter me deprimido. A protagonista se define pelos olhos dos outros e sempre no pejorativo, porque quando alguém diz que ela é bonita e desejável ela não acredita, prefere continuar acreditando no pejorativo.

    Comigo, infelizmente, o livro não funcionou...

    Bel Góes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bel! Ao ler esse livro é realmente complicado não se sentir mal ou revoltado por causa das atitudes de Daniela, mas como ela é uma pessoa auto-destrutiva, acredito que mesmo se fosse magra e dentro dos padrões ela seria o tipo de mulher que tem anorexia, por exemplo. Como você disse, o esteriótipo em si não é o problema e sim a forma como a própria pessoa se enxerga. Beijos

      Excluir
  7. Conheço a autora, nunca li nada dela, mas sou louca para ler, pois sempre vejo ótimas resenhas a respeito do trabalho da mesma.
    Quando eu li a premissa deste livro pela primeira vez, eu tinha uma visão totalmente diferente da personagem, achava que ela fosse bem resolvida, bem decidida, mas acho que a escritora quis mostrar como a maioria das pessoas se vêm dentro destes estereótipos criados pela sociedade.

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei dessa leitura e ela agregou para mim um conhecimento que não tinha a respeito do assunto! Mas, também pensava, antes da leitura, que Daniela seria, desde o início, uma mulher decidida.

      Excluir
  8. Eu adorei a capa nova desse livro! A editora Arwen vem dado muito espaço para autores nacionais iniciantes, o que faz uma grande diferença!
    Gostei demais da proposta do livro. Fico assombrada com a quantidade de pessoas que estão nessa situação e em como são tão poucos os livros com uma personagem principal fora dos padrões!

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você nem sabe! Ele terá versão hardcover também! *_____*

      bjss

      Excluir
  9. Que legal! Eu ainda não conhecia nem o livro e nem a autora, mas adorei a premissa. Acho muito importante livros que enalteçam a beleza e a autoestima feminina, muitas mulheres precisam disso, é um tema deveras importante.

    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc, Tisa! Seria muito legal se a autora fizesse uma continuação mostrando a evolução efetiva da personagem! Vou perguntar para ela! *______*

      Bjss

      Excluir
  10. Oi, ainda não li nada da autora, mas já vi bastante comentários em ralação aos livros dela. Acho o tema muito interessante, e pode ajudar muitas pessoas.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai! Pretendo ler outras obras dela também!

      Excluir
  11. Olá linda,

    A capa é super cute e compraria só por isso ao primeiro contato, mas o enredo parece bem interessante e aborda um assunto bem delicado que é a auto-sabotagem que tendemos a fazer conosco devido as pressões sociais de se encaixar em algo.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê! Obrigada pelo comentário! As duas capas são mesmo lindas, mas eu prefiro a primeira! kkkkk
      E sim, tem muita gente que sofre de complexo de inferioridade ainda mais quando não está nos "padrões". Bjss

      Excluir
  12. Oi, flor!! Muito obrigada por ter lido e resenhado!! ♥ Fiquei feliz com a sua opinião e agradeço a honestidade! *-*

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Que bom que gostou da resenha e obrigada você pela visita!
      Bjss

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger