.10 de março de 2016

#2 - O túmulo dos vagalumes



Oi, gente! Dando continuidade a Maratona Studio Ghibli, hoje, falaremos de mais um filme lindo e maravilho, porém, extremamente triste e perturbador... 

O túmulo dos vagalumes já começa com uma cena impactante que é a morte do jovem protagonista, Seita, que morre como indigente na noite de 21 de setembro de 1945. Após esse fato, o menino passa a narrar tudo o aconteceu com ele para que chegasse a essa situação. 
O pai de Seita, um oficial da marinha, está lutando na guerra, e o menino, a mãe e a irmãzinha Seitsuko ficam em casa esperando por seu retorno, tentando sobreviver ao conflito. No entanto, durante um ataque aéreo, a mãe das crianças é gravemente ferida, ( nossa, é horrível demais o que acontece com ela!) por conta dos ferimentos e por não haver hospitais, ou mesmo um modo de locomovê-la para um, a mulher acaba morrendo e os irmão ficam órfãos de mãe. 
Seita decide ir com Setsuko para a casa de uma tia distante em outra cidade, mas, com o tempo, a mulher passa a maltratá-los e a dizer que eles são um estorvo em sua casa, por esse motivo o menino resolve morar sozinho com a irmãzinha em um abrigo afastado da cidade. Infelizmente, esses são tempos de guerra, momento no qual as pessoas deveriam se unir e se ajudar, mas, como vemos ao longo do filme, não é exatamente isso o que acontece, levando a história desses irmãos a um fim ainda mais trágico e injusto... 
Ainda assim, o filme conta com cenas tocantes entre Seita e Seitsuko. Os vaga lumes, que serviam para iluminar as noites escuras e amedrontadoras dos irmãos, tornam-se também companheiros destes no fim...
Difícil falar dessa produção sem sentir um aperto  no coração, ou mesmo sem dar nenhum spoiler... O filme é belíssimo, sua arte, o roteiro, a trilha sonora, a mensagem, como sempre um trabalho esplêndido, como não poderia deixar de ser em se falando do Ghibli
Recomendo muito esse filme desde que você tenha noção de que não assistirá a uma animação infantil e divertida. O túmulo dos vaga lumes é  trata de um assunto delicado, com diversas passagens tristes e revoltantes, por isso, quando o assistir, prepare-se, pegue os lencinhos e tire os de coração mais fraco da sala.

4 comentários:

  1. Me recomendaram esse filme há muuuito tempo atrás, cheguei até a baixá-lo, mas sempre dizem que ele é tão triste que até hoje ainda não tomei coragem de assistir :( hahaha

    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito triste mesmo, Tisa!! Mas é muito bom, vale muito a pena, você vai "suar" um pouquinho pelos olhos, mas vai gostar! rsrsrsrs

      Excluir
  2. Ei, te indiquei para um prêmio lá no meu blog. É como uma "corrente de indicações e espero que você goste das minhas. Beijos, Isa.
    http://belblioteca.blogspot.com.br/2016/03/premio-dardos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, minha linda!! Acredita que ainda não conhecia esse prêmio? Com certeza também farei um post aqui a respeito dele!! Beijão!!

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger