.3 de janeiro de 2016

Trilogia Fronteiras do Universo - Philip Pullman

Olá, pessoal!! Primeiro post do ano de 2016 e  primeiro post do blog com título e domínio novos!! Agora, somos LEITORA COMPULSIVA e o endereço é enorme, mas gostei dele e me veio do nada durante uma viagem de carro... Enfim, eu já queria mudar o título do blog faz bastante tempo, só que não encontrara, até agora, nenhum que conseguisse me representar... Pois bem, explicações dadas, vamos à resenha:



Philip Pullman, premiado escritor inglês, ficou mundialmente conhecido com o sucesso da trilogia Fronteiras do Universo (His Dark Materials), na qual ele nos mostra todas as nuances do caráter humano e suas facetas moldáveis de acordo com a situação e conveniência. 
Em A Bússola de Ouro, A Bússola Dourada ou As Luzes do Norte, dependendo de sua edição, somos apresentados ao mundo de nossa protagonista Lyra Belacqua, o qual assemelha-se muito ao nosso mundo em meados do século XIX, mas possui grandes diferenças, como: feiticeiras, ursos de armadura e, principalmente, os dimons ou daemons que seriam as almas das pessoas separadas de seus corpos em forma de vários animais, e que na adolescência fixam-se em um único. 
A trajetória de nossa protagonista começa quando ela e seu dimon Pantalaimon descobrem a existência dO que para o Magisterium (poder religioso absoluto desse mundo) seria uma manifestação do pecado e, por isso, deve ser destruído, desse modo, eles decidem fazer experiências separando crianças de seus dimons para acabar com as manifestações desse elemento nas pessoas. Ao perceber que seu melhor amigo, Roger, foi raptado pela Igreja, Lyra inicia sua busca para enfrentar os torturadores e encontrar evidências e explicações sobre O Pó, tendo o auxílio do aletiômetro,
instrumento capaz de medir e revelar a verdade utilizando para isso as partículas misteriosas.
Em A Faca Sútil, Pullman nos traz um novo protagonista, Will Parry, um garoto do nosso mundo que acaba descobrindo outro enquanto tentava fugir de perseguidores. Ao entrar nesse mundo "intermediário", Will conhece Lyra que está perdida ali por causa dos eventos ocorridos no final do livro anterior e após ter seu aletiômetro roubado, ambos devem procurar pela faca sútil, instrumento capaz de abrir janelas entre os vários mundo existentes. 
No terceiro e último livro, A Luneta Âmbar,  uma cientista de nosso mundo descobre uma ferramenta capaz de ver o pó (a luneta âmbar). Lyra e Will descem ao submundo onde os espíritos humanos são aprisionados pela Autoridade em tormento eterno. Enquanto isso, uma guerra celestial entre os anjos da Autoridade e humanos e seus aliados tem inicio e para que o todos os mundos conquistem sua liberdade é necessário que Lyra cumpra uma terrível profecia... 

A trilogia como um todo é muito boa, mas tem alguns deslizes, controvérsias e explicações superficiais, mesmo assim, ela cativa o leitor do começo ao fim, nos despertando para uma visão crítica diante de diversos tabus de nossa sociedade. Não acredito que estes sejam livros infanto-juvenis, pois sua temática é muito complexa, sombria e até mesmo macabra demais para esse público. O autor nos mostra toda a sua descrença nas religiões e nos próprios seres humanos que as defendem, e ainda assim, consegue mesclar atos de heroísmo com a mais atroz vilania, criando personagens únicas, odiáveis, e ao mesmo tempo, fascinantes. Excelente leitura, mais do que recomendada aos fãs dos gêneros aventura e fantasia. 

4 comentários:

  1. Ótimo post! Eu gostei muito do filme, mesmo nunca conseguir ver o começo pra entender direito, hahaha.
    Os livro estão na minha wishlist para conhecer mais sobre esse mundo, parece ser muito interessante! Abraço!! :D

    blogleitorit.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigada!! Menino, esse universo é incrível!! Quero ler agora a primeira série criada pelo Pullman: Os mistérios de Sally Lockhart que também parece ser demais!! Obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  3. Boa resenha! Adoro essa série, mas li faz muito tempo e já está na hora de reler. Acho fantástico o universo desenvolvido pelo autor e o tom forte de crítica que a trilogia apresenta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ligia!! Eu também adorei muito, muito essa trilogia! Estou louca para ler mais coisas desse autor!! Obrigada pelo comentário!

      Excluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger