.12 de dezembro de 2015

Tess of the D'Urbervilles

Olá, pessoal! Hoje, vamos falar sobre a mini série mais linda e mais emocionante que tive o prazer de assistir em minha vida e ainda bem que ela é baseada em um livro! Ha ha! Mais um para a minha lista! Tenho, mais ou menos, uma lista de livros que demorará uns três anos para acabar, mas dane-se! Quando o livro é bom, como promete ser o que baseia esta série, então vale muito a pena! 



Para aqueles que acham que o título do post é, na verdade, um palavrão. Calma. Tess of the D'Urbervilles é uma série de 2008 produzida pela BBC britânica que sempre faz trabalhos de adaptação de obras clássicas de sua literatura. O programa conta com quatro episódios de uma hora cada e narra as desventuras da jovem Tess, uma camponesa em meados do século XIX que vê sua vida mudar drasticamente quando confrontada pela suposta família D'Urberville. 
As pessoas que já leram o livro ou assistiram a série podem ter ficado com a impressão de mais do mesmo porque no inicio temos o retrato de uma família com pais irresponsáveis na qual os filhos mais velhos é que fazem as vezes de adultos, no entanto é preciso lembrar que Tess foi escrito em 1891, logo, todos os livros que você leu que têm essa característica podem ter-se baseado nessa ou em outras obras clássicas. Outra coisa importante também é o período em que acontece a história, final do século XIX, muita influência literária por parte das escolas Realismo e Naturalismo, por isso esperar que esse livro seja parecido com alguma obra de Austen (porque sim, existem pessoas que comparam todos os clássicos ingleses com Austen) pode trazer algumas decepções...
A ação de fato começa quando o pai de nossa heroína descobre que sua família é uma ramificação (quem lembrou de Naruto?) da grande e nobre família D'Urberville e sua esposa decide mandar a filha mais velha e moça mais bonita da aldeia para a casa dos "primos" para pedir por um emprego e quem sabe conquistar o coração do herdeiro Alec D'Urberville. O problema é que Alec é um homem mais velho e vivido e vê Tess como um brinquedo, e ela é uma camponesa de 17 anos que não sabe nada da vida, o resultado disso: um estupro, uma criança bastarda e uma vida arruinada. 
Após as relações nada amigáveis com a família nobre, Tess fica manchada na sociedade retrograda e falsamente virtuosa, desse modo, ela precisa fugir de sua aldeia para tentar encontrar uma luz, ter um futuro digno, na medida do possível, mas essa menina só encontrará dor, sofrimento e preconceito em seu caminho, permeado por alguns momentos de alegria que só aumentam o desespero da protagonista nas horas de dor. 
Quem já leu o livro diz que a série é bem fiel a ele por isso acredito que não seja legal contar mais do que isso para não estragar as surpresas para aqueles que se interessarem, só deixo um (pseudo spoiler?), preparem os lencinhos... Esse enredo é baseado em um romance realista. 
Eu adorei o programa, roteiro, atores, tudo perfeito! Final fantástico apesar de tudo... Recomendo fortemente a todos aqueles que gostam de literatura inglesa que assistam Tess of the D'Urbervilles. Eu sei que há um filme do Polanski que também é baseado nessa obra do Hardy, mas ainda não consegui assisti-lo e dizem que é muito bom! 
Então é isso, galera! Mais uma dica de uma série incrível! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger