.22 de outubro de 2015

O clube dos suicidas - Robert Louis Stevenson

Olá, pessoal! Segunda novela? de Stevenson que li esse mês, O clube dos suicidas narra as peripécias do Príncipe Florizel e seu fiel servo e amigo, Geraldine. 



Explicando o ponto e interrogação, esse livro é dividido em três contos interligados entre si, ou seja, um é a continuação do outro, desse modo, eu interpretei essa construção como sendo a de uma novela, mas se você acha que esse é um livro de contos, tudo bem também! 
A primeira história intitulada: A história do rapaz das tortinhas, apresenta-nos as personagens principais, o Príncipe e seu amigo que estão vivendo em Londres e adoram se disfarçar para viver aventuras. Em uma dessas, eles conhecem um rapaz que vende tortas para conseguir um montante de 44 libras e somente isso. O Príncipe fica intrigado e pergunta ao rapaz porque ele quer apenas essa soma, ao qual ele responde que esse é o valor para se pagar a entrada no "Clube dos Suicidas", o Príncipe muito curioso decide ir até lá e descobre um esquema sórdido no qual os membros do clube matam-se uns aos outros dependendo das cartas do baralho. Após essa descoberta, Florizel e Geraldine fazem de tudo para conseguir acabar com o clube e destruir seu idealizador: o Presidente. 
Na segunda história: A história do médico e do baú de de Saratoga, nosso foco é transportado para o jovem norte-americano Silas Scuddamore, vitima de uma intriga sórdida, na qual o corpo do irmão de Geraldine é encontrado em seu quarto e ele ao tentar fugir é colocado frente a frente com o Príncipe, quem tramou todo esse plano? Adivinhem... 
Na última, A aventura do cabriolé, caminhamos para o fim dessa narrativa, na qual Florizel e Geraldine planejam finalmente alcançar o Presidente e ter a sua tão esperada e merecida vingança. 

Confesso que esperava mais desse livro, na verdade, essa é uma novela policial e não uma novela gótica, logo não há quaisquer elementos sobrenaturais aqui, além do elemento investigação ser muito romanceado, o que acaba por torná-la um pouco enfadonha. Não sei dizer se gostei desse livro e acho que o único elemento que o trouxe a esse post foi a primeira história, por causa dos assassinatos... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger