.26 de outubro de 2012

FILMES, FILMES E MAIS FILMES!!

ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA - diretor: Fernando Meirelles



Baseado no livro homônimo do escritor português vencedor do prêmio Nobel de Literatura, José Saramago.

Eu não me lembro de ter falado sobre este autor aqui no blog, mas desde o ano passado quando minha professora de português pediu um trabalho sobre ele, eu quis assistir esse filme! 
Se a versão cinematográfica já é densa imaginem o livro... 

No filme tudo começa de repente, estamos numa importante avenida de uma grande cidade, muito movimentada no caos cotidiano, pessoas passam apressadas, carros tentam ultrapassar o sinal, ladrões esperam escondidos, mascarados entre as outras pessoas por uma oportunidade... É quando um carro para no sinal verde, todos reclamam, gritam, xingam ele por atrapalhar o ritmo de suas vidas. Algumas pessoas vão até ele para saber o que houve, o rapaz diz estar cego, um estranho tipo de cegueira onde uma luz branca impede sua visão. O evento começa apenas com este caso e em poucas semanas toma proporções enormes e o governo decreta estado de alerta contra a estranha epidemia da cegueira.
As pessoas passam a viver como animais, seus instintos mais primitivos voltam a tona, milênios de evolução não servem mais para nada, a única coisa válida é a sobrevivência, se você quer algo você pega, senão você rouba e, se for preciso você mata, porque apenas os mais fortes podem sobreviver, como dizem os antigos " em terra de cego quem tem um olho é rei", em meio a todo esse caos apenas uma mulher consegue ver a bárbarie ao seu redor, pois misteriosamente como o contágio dessa estranha "cegueira" apenas esta mulher parece ser imune a doença.
Pessoas tratando pessoas como animais selvagens, o medo do desconhecido, os instintos primitivos sobressaindo-se á lógica, milênios de evolução, tudo é esquecido, tudo se torna um grande abismo, cheio de luz, mas sem nenhuma forma.

Minhas impressões deste livro são claras, ele é uma grande reposta a vida que levamos hoje, a esses valores enviesados que nossa "sociedade" tanto preza, uma grande obra sem dúvidas, que deve ser lida e assistida com certeza, para que possamos refletir um pouco a cerca de nossos valores e de nossas vidas. 





 Mas...  a final de contas o q nós somos realmente? 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger