.30 de outubro de 2011

FILMES, FILMES E MAIS FILMES!!!!

O post a seguir eu escrevi a quase um mês atrás! Mas... Como agora eu voltei a trabalhar e tive q prestar a prova do ENEM, não tive tempo de publicá-lo!


CATFISH E CONFIAR



Essa semana meu amigo Andre me enviou o podcast do site Rapadura Cast ( site de cinema que eu recomendo), os temas do “pod” eram a internet, as redes sociais e como esses recursos podem afetar as nossas vidas de diversas maneiras. Pra exemplificar e debater a questão eles comentaram dois filmes, o documentário Catfish e o drama Confiar.
Em Catfish o tema abordado são as relações afetivas iniciadas pela internet e, o que acontece quando a pessoa daquela foto do facebook não é exatamente daquele jeito e muito menos leva o estilo de vida que dizia viver... É claro que, mesmo sendo uma história “verídica” é um pouco difícil crer que as partes envolvidas permitiram tamanha exposição! Ou talvez tenha sido mais uma jogada de marketing... Enfim, vamos a sinopse:

Yaniv Schulman é um fotógrafo nova iorquino que começa uma relação de amizade com uma certa menina prodígio que lhe manda quadros supostamente feitos por ela. Com o passar do tempo ele acaba por conhecer os outros “membros” da família e se apaixona pela irmã mais velha da menina, Megan. No entanto, Yaniv percebe que a garota é eficiente demais e algumas de suas obras foram retiradas da internet, foram feitas por outras pessoas, é quando ele e seus amigos decidem ir atrás da garota no interior dos EUA e descobrem que nem tudo o que está na rede pode ser considerado como verdadeiro....


Agora, saindo dessa atmosfera de suspense vamos para algo mais dramático e que, realmente parece ser uma história verídica!
Confiar, aborda a vida de uma pacata família norte americana que de repente se vê envolta em um caso de pedofilia, o mais estanho disso é o fato que a filha do casal, que foi estuprada, ter mais mais confiança em seu agressor do que em sua própria família! Eu explico:
A garota ( não me lembro o nome da personagem) ganha um notbook como presente de aniversário e entra em algumas salas de bate papo. Ela é a típica menininha americana calada, insegura, tão boazinha e angelical que os pais nem ao menos reparam nela, a verdade é que a garota não tem personalidade! Mas as coisas mudam quando, em um desses chats ela conhece um carinha, que de inicio diz ter 16 anos, depois ele diz ter 20, depois 25 e por fim ele se apresenta como tendo 35, ( mas tá na cara que o velhote tem bem mais...) e ela uma menina de quatorze anos, no auge de sua insegurança adolescente se apaixona por esse cara que a faz sentir-se única, desejável, uma mulher...
E os pais dela?
Olha, alguns podem até discordar... Mas essa é a minha opinião:
Os pais estavam em uma zona de conforto, eles nunca falavam sobre sexo ela, ela nunca perguntou, eles nunca lhe deram atenção e ai do nada não se sabe se a garota foi estuprada ou se ela quis fazer sexo com a o velho... E é nesse momento que os pais descobrem que afilha deles não era tão pura quanto eles pensavam, e que ela também não confiava neles...
Por fim, Confiar e Catfish mostram o lado não tão lúdico e maravilhoso da internet, é lcaro que nós podemos nos conectar com milhões de pessoas e etc, mas é sempre bom tomar cuidado com quem nos relacionamos, não é sempre assim? Nossas mãe querem saber exatamente quem são nossos amigos, para que eles possam frequentar as nossas casas, no entanto com a internet não é bem assim... E você nunca sabe quem é realmente a pessoa do outro lado...  

#Beijinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger