.7 de novembro de 2010

Livros, Livros e Mais Livros:

Guerra e Paz - de Leon Tolstói

Um dos livros mais famosos da literatura mundial e da literatura russa, Guerra e Paz conseguiu prender minha atenção do inicio ao fim, fazendo com que eu terminasse a leitura antes do tempo previsto.
A narrativa se passa na Rússia do século XIX durante sua guerra contra Napoleão Bonaparte. É difícil falar a respeito do enredo desta história pois, ela é dividida em quatro livros, que vão dos campos de batalha até os salões de baile. Dos prisioneiros de guerra, ás intrigas da corte. Definitivamente este livro é maravilhoso e eu o recomendo a todos. E agora um CTRL+C / CTRL+V:

Sinopse:

Livro Um

A novela começa na cidade russa de São Petersburgo, numa festa dada em julho de 1805 por Anna Pavlovna Scherer - dama de honra e confidente da rainha mãe Maria Feodorovna. Os principais personagens e famílias aristocráticas da novela são conhecidos aqui. Pedro Bezukhov é filho ilegítimo de um conde abastado à beira da morte e é inesperadamente envolvido em uma disputa pela herança. Educado na França, com a mãe morta, Pedro é essencialmente bondoso mas sem tato social, de natureza aberta, e sente dificuldades para se integrar à sociedade de São Petersburgo.
O amigo de Pedro, o inteligente e sardônico príncipe André Bolkonsky, marido da encantadora Lisa, também comparece à festa. Julgando a sociedade de São Petersburgo enjoada e sentindo-se desconfortável com a vida de casado, André escolhe ser ajudante de campo do príncipe Mikhail Kutuzov na Guerra da Terceira Coalizão contra Napoleão.
Tolstói desvia então a ação para Moscou, a velha cidade russa, em contraste com São Peterburgo. A família Rostov, residente na cidade, será um dos mais importantes núcleos da novela. A família do conde moscovita Ilya Rostov possui quatro filhos adolescentes. A jovem Natasha está supostamente apaixonada por Boris, um oficial disciplinado e também seu parente. O irmão, Nicolau, faz juras de amor juvenil a sua prima mais nova, Sônia. A filha mais velha, Vera, é fria e, de alguma forma, arrogante mas tem uma boa perspectiva de casamento com um oficial alemão, Berg. Pétia é o caçula da família Rostov; como seu irmão, é impetuoso e anseia por se juntar ao exército ao chegar a idade. Os cabeças da família, Conde Ilya Rostov e Condessa Natalya Rostova, formam um casal afetuoso mas sempre envolvidos em dificuldades financeiras.
O príncipe André, ao partir para a guerra, deixa sua esposa grávida na casa de campo da família com seu pai, o excêntrico Príncipe Nikolai Andreivitch Bolkonsky, e sua irmã Maria Bolkonskaya.
A segunda parte deste livro abre-se com a descrição dos preparativos da eminente guerra franco-russa. Na Batalha de Schöngrabern, Nicolau Rostov, agora lotado ao esquadrão de hussardos, tem seu batismo de fogo. Ele conhece o príncipe André de quem, a princípio, não gosta. Como todos os jovens soldados ele se sente atraído pelo carisma do czar Alexandre. Através do jogo, também trava conhecimento com os oficiais Denisov e Dolokhov.

Livro Dois

O Livro Dois começa com Nicolau Rostov voltando para sua casa em Moscou para uma visita breve, no início de 1806. Nicolau encontra a família às voltas com a ruína financeira devido à má administração do patrimônio. Com Denisov, passa um inverno agitado em Moscou. Natasha transformou-se numa bela moça e é assediada por Denisov mas não o aceita. Apesar dos pedidos da mãe para encontrar um partido com boas perspectivas financeiras para casar-se, Nicolau rejeita essa sugestão e promete casar-se com seu amor de infância, sua prima Sônia, orfã e sem fortuna.
Se existe um personagem central em "Guerra e Paz" ele é Pedro Bezukhov que, após receber uma herança inesperada, de repente vê-se às voltas com as responsabilidades e conflitos inerentes a sua nova posição social. Ele então casa-se com Helena, bela e imoral filha do príncipe Kuragin, mesmo que contra seu próprio julgamento. Frente aos numerosos casos da mulher, ele permanece desajustado, duela com um desses amantes e sente-se angustiado quando tudo isso acontece. Junta-se então à franco-maçonaria. A maior parte deste livro dedica-se às lutas de Pedro contra suas paixões e seus conflitos espirituais na busca por tornar-se um homem melhor. Agora um rico aristocrata, vê desvanecer seu comportamento irresponsável e inicia uma busca pessoal: como viver uma vida moral dentro de um mundo eticamente imperfeito? Esta pergunta constantemente perturba e confunde Pedro. Ele pretende libertar seus servos mas sempre termina por protelar a decisão.
Pedro é constantemente confrontado com a inteligência e ambição de André Bolkonsky. Na Batalha de Austerlitz, André é inspirado por uma visão de glória e lidera uma carga do exército mas sofre um ferimento quase fatal que o deixa inconsciente. Em face da morte, André percebe que toda a sua antiga ambição é inútil e que mesmo seu herói, Napoleão (que o resgata quando de uma inscursão a cavalo pelo campo de batalha), é aparentemente tão venal quanto ele.
O príncipe André recupera-se dos ferimentos em um hospital militar e volta para casa, apenas para saber que sua mulher, Lisa, morreu durante o parto. Sente-se então culpado por não ter tratado a mulher melhor enquanto ela ainda estava viva.
Sobrecarregado com o peso desta desilusão niilista, André retira-se para uma vida anônima em sua propriedade até que é conduzido a uma discussão filosófica por Pedro, que um dia vai visitá-lo. Ao percorrer a propriedade ele faz a seguinte pergunta: onde está Deus neste mundo amoral?
A jovem Natasha
Quando o príncipe André reassume seus encargos militares, Helena e seu sedutor irmão Anatole conspiram para que este seduza e desonre a jovem, ainda imatura e agora bela Natasha Rostova. Eles a seduzem com planos de raptá-la porém, graças à prima Sônia e a Pedro, vêem estes planos fracassarem. Esta situação propicia com que Pedro tenha um importante encontro com Natasha e sinta-se apaixonado pela moça. A passagem do Grande Cometa de 1811-2 pelos céus coincide com um novo começo de vida para Pedro.

Livro Três

Natasha rompe seu compromisso com André. Envergonhada por sua quase-sedução, ela contrai uma doença séria mas, com a ajuda de sua família, de Pedro e com sua fé religiosa, consegue perseverar através deste período negro de sua vida.
Nesse interim, toda a Rússia é afetada pelo eminente embate entre as tropas russas e as de Napoleão. Pedro convence-se, através da numerologia, que Napoleão é o Anticristo do Apocalipse. O velho príncipe Bolkonsky, pai de André, morre de um acidente vascular cerebral e, em Moscou, Pétia, o filho mais novo dos Rostov, convence os pais a deixá-lo alistar-se no exército.
Ao mesmo tempo, Nicolau transforma-se no cavaleiro andante de Maria Bolkonskaya, irmã de André, às voltas com uma propriedade repleta de servos hostís e rebeldes. Esta primeira aproximação entre os dois, faz com que Nicolau comece a reconsiderar suas perspectivas matrimoniais, ao sentir-se atraído pelas devoção, consideração e, por que não, pela herança de Maria. No entanto, Nicolau sente-se ainda preso ao compromisso assumido com Sônia, quando bem mais jovem, e hesita em envolver-se com a herdeira dos Bolkonsky.
À medida que Napoleão se aproxima da Rússia, Pedro decide abandonar Moscou e assistir à Batalha de Borodino de um ponto de vista privilegiado, próximo à artilharia russa. Depois de observar por um tempo, ele decide ajudar, carregando as armas. Envolvido no tumulto, Pedro experimenta pela primeira vez a morte e a destruição da guerra. A guerra torna-se uma enorme carnificina para ambos os lados e termina praticamente "empatada". Os russos, entretanto, obtiveram uma vitória moral por fazerem frente ao aparentemente invencível exército de Napoleão. Tendo sofrido numerosas baixas durante a batalha e por razões estratégicas, o exército russo recua no dia seguinte, abrindo caminho para que Napoleão marche contra Moscou

Livro Quatro

O Livro Quatro é o climax da invasão de Napoleão à Russia. Quando o Grande Exército de Napoleão ocupa uma Moscou abandonada e queimada, Pedro parte numa missão quixotesca para assassinar o imperador francês. Ele torna-se um anônimo em meio ao caos da cidade destruída, disfarçando-se de servo e escondendo sua posição e estilo de vida. A única pessoa a descobrir o disfarce de Pedro é Natasha, que o reconhece, e ele percebe então a dimensão total do seu amor por ela.
Seu plano falha e ele é capturado no quartel-general de Napoleão, como prisioneiro de guerra, depois de salvar uma criança de um prédio em chamas e de agredir um legionário francês quando este atacava uma mulher. Ele torna-se amigo de seu colega de cela, Platão Karataev, um servo incapaz de qualquer malícia. Nele Pedro finalmente encontra o que procurava: uma pessoa honesta, redonda, sem qualquer pretensão. Karataev é o oposto da aristocracia de São Petersburgo e um notável membro da classe trabalhadora, com quem Pedro descobre o sentido na vida simples apenas por conviver e interagir com ele. Depois de testemunhar soldados franceses saqueando Moscou e atirando em civis arbitrariamente, Pedro é forçado a marchar com o Grande Exército durante sua desastrosa retirada de Moscou devido ao inverno rigoroso. Após meses de julgamento e atribulação - durante os quais Karataev é caprichosamente baleado - Pedro é libertado pelos russos após uma pequena escaramuça onde vê o jovem Pétia Rostov ser morto em ação.
Enquanto isso, André, ferido durante a invasão de Napoleão, é recolhido pelos Rostovs. Reune-se assim a Natasha e sua irmã Maria antes do fim da guerra. Tendo perdido toda a vontade de viver e após perdoar Natasha, André morre de forma muito parecida à cena de morte ao final de outro livro de Tolstói, A Morte de Ivan Ilitch.
Com a novela chegando ao final, a mulher de Pedro, Helena, morre; e Pedro reune-se a Natasha, enquanto os russos, vitoriosos, reconstroem Moscou. Natasha fala da morte de André e Pedro da de Karataev. Os dois estão cientes de um vínculo crescente entre eles, em seu luto. Com a intervenção da princesa Maria, Pedro encontra finalmente o amor e, revelando este amor a Natasha, depois da morte de sua esposa Helena, casa-se com ela.
By: Wikkipédia























* Se vocês gostaram da minha sinopse, procurem o livro ou o comprem, tenho certeza de que vocês não vão se arrepender.

Beijos, beijos... E Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D

© LIVRE LENDO - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Andrea Morais | Tecnologia do Blogger